SOLIDARIEDADE: Consulado cubano em SP recebe manifestação em defesa da revolução

SOLIDARIEDADE: Consulado cubano em SP recebe manifestação em defesa da revolução

Com apresentações culturais, ato reuniu partidos e organizações de esquerda, além de apoiadores do governo cubano

Estamos aqui denunciando o bloqueio criminoso que Cuba vem sofrendo a mais de 60 anos”, destacou liderança do MST – Manuela Hernández / Comunicação do MST

O consulado cubano em São Paulo (SP) recebeu neste domingo (18) uma manifestação político-cultural em solidariedade a Cuba.
Em frente ao prédio, manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST), de partidos e organizações de esquerda e de apoiadores de Cuba levaram faixas e bandeiras.
:: Entenda os fatores que desencadearam as maiores manifestações opositoras em Cuba desde 1994 ::
“Cuba é dignidade, é solidariedade, é o povo vivendo bem. As ruas de Cuba, assim como as ruas do Brasil, são dos e das revolucionárias. Ninguém mais tomará as ruas de Cuba ou do Brasil”, discursou Cassia Bechara, da direção nacional do MST.
O ato foi transmitido ao vivo pelas redes sociais do Brasil de Fato:
Desestabilização
Há uma semana, protestos contrários ao governo ocorreram em cerca de 20 municípios da ilha. O presidente Miguel Díaz-Canel reconheceu os problemas econômicos, mas sustentou que as manifestações foram parte de uma campanha contrária ao sistema socialista.
Em contrapartida, um protesto em defesa da revolução cubana neste sábado (17) reuniu 100 mil pessoas em Havana, segundo o governo da ilha. Em discurso, Díaz-Canel apontou o envolvimento dos EUA no que classificou como uma operação de desestabilização política.
“Esses que estão nas ruas protestando contra a revolução não representam o povo cubano. Estamos aqui denunciando o bloqueio criminoso que Cuba vem sofrendo a mais de 60 anos”, destacou a liderança do MST durante o ato em frente ao consulado.
Esquerda presente
O ato no consulado contou como a participação das seguintes organizações: MST, Marcha Mundial das Mulheres (MMM), Levante Popular da Juventude, PCO, PT, CTB, PCdoB, PSOL, FSM, MTST, PCB, MSC-SP, Democracia Corinthiana e UJS.

por.Murilo Pajolla | Brasil de Fato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *