Para onde vai? Qual o caminho natural de Renatinho … Valberto e Denise?

Para onde vai? Qual o caminho natural de Renatinho ... Valberto e Denise?

Eis que não se atiram pedras em árvores que não dão frutos. Os ataques engendrados por adversários contra o ex-prefeito Renato Brandão não são gratuitas, mas em função da estatura política e eleitoral acumulada por este líder populista em mais de 30 anos de vida pública (14 deles commandato eletivo). Isso está sendo motivado por conta da possibilidade cada vez mais real de uma chapa com potencial eleitoral aglutinando Valberto Lima (MDB) e Denise Brandão, irmã do ex-deputado e com razoável aceitação popular, o que lhe credencia.

Atirem a primeira pedra aqueles que nunca cometeram tais pecados. Quando os ataques a Renatinho têm certos remetentes com telhados de vidros, é no mínimo estranho, mas próprio de quem estando com a “baleadeira” (estilingue) na mão, joga com tais táticas já tão conhecidas e marcadas.

■ Em tempos quentes, as melhores árvores são às mais frondosa

Com a irreversível pré-candidatura do ex-prefeito Luciano Nascimrnto a Prefeitura de Propriá, já se ensaiam algumas indisfarçáveis movimentaçôes em direção ao ex-deputado que dará uma resposta nos prôximos dias, confirmando os prognósticos do DEM Nacional que o têm entre as prioridades de olho em 2022. Luciano têm sobre a mesa um leque de ascenos e cortejos para escolher qual o melhor nome (e cenário) para vice, mas o fará com o repouso do travesseiro.

Uma nova polarização como não vista há 16 anos está a caminho em Propriá e os prognóstocos insofismáveis apontam para uma disputa entre o MDB e o DEM, que atrairiam cada, alguns satélites que já começam a reavaliar – sem admitir publicamente – o quadro e se re-posicionar neste “dominó” que está se convertendo a política da Princesinha do São Francisco. Ninguém quer “pingar”, pois os eleitores estão de olho em cada assentada de “peda” (sem “caga-fogo”) – se me entendem.

por ClaudOmir Herzog

Para onde vai? Qual o caminho natural de Renatinho … Valberto e Denise?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *