EDIMÊ TAVARES: Recordo com a dor de todas as saudades – 84 anos da nossa mãe

EDIMÊ TAVARES: Recordo com a dor de todas as saudades - 84 anos da nossa mãe

Se viva estivesse, completaria 84 anos na próxima quarta-feira, 01 de abril

Natural do povoado Porto Grande (01/04/1936), quando este pertencia a Aracaju, Edimê Tavares da Silva (esposa de Francisco Pereira da Silva – Sisinho, mãe de Maria Helena, Jose Domingos e Edelvanir – in memoriam, Cláudia, Claudice, Claudomir e Claudeci Tavares da Silva) mudou-se para o povoado Canal de São Sebastião (Barra dos Coqueiros) e em 1980 passou a residir em Pirambu.

Dona de casa e pescadora, foi professora do Grupo Escolar Leandro Maciel e zeladora da Igreja de São Sebastião, tendo forte influência na vida sócio-cultural de sua comunidade. Associou-se a Colônia de Pescadores Z-5 (Pirambu e região), ajudando discretamente a fundar o Partido dos Trabalhadores neste município em 1985 (partido ao qual está se filiando sua primrira neta, Jucy Tavares). Saiu do plano terreno em 21 de setembro de 2006, há quase 14 anos, deixando uma prole de filhos (já citados), netos e bisnetos – assista vídeo:
https://youtu.be/MBVVtVnuKuo.

por ClaudOmir Herzog Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *